“Três dos cinco helicópteros do INEM podem deixar de fazer missões à noite”

In JN

O INEM anda a poupar. E deve poupar, mas bem! Há, no entanto, questões que se devem colocar:

  1. Como é possível que esta medida não seja discutida no quadro da reestruturação das urgências e no âmbito da Comissão nomeada para o efeito, aliás onde o INEM participa?
  2. Os SAP´s em Bragança e Vila Real foram encerrados no período nocturno porque foi montado um sistema que respondia aos casos urgentes (raros, mas urgentes), de acordo com Estudos de Comissão de Peritos. Agora, sem qualquer Estudo, é possível desmantelar esse sistema, apenas porque é caro? Assim alguém acredita no Estado?

 De facto, reduzir o trabalho extraordinário não é fazer o mesmo de forma mais económica, mas fazer realmente menos…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s